grafico
grafico
Turismo trem das nuvens Salta

Turismo trem das nuvens Salta

Uma das coisas mais pitorescas e fascinantes que o viajante encontra na província de Salta, no limite com Chile sobre a Cordilheira dos Andes, é o ramal C-14 do Ferrocarril General Belgrano, mais conhecido como Trem das Nuvens ou Trem às Nuvens por ter partes por onde se circula por cima dos 4.000 metros sobre o nível do mar. Pela sua grande altura, muitas vezes podem ser apreciadas nuvens debaixo dos pontes ou nas ladeiras.

Depois, na legendária Puerta Tastil, o trem irá penetrando lentamente um mundo pouco conhecido. A lenda assegura que os índios diaguitas golpeavam no cume do cerro antes de penetrar no vale. De ai o nome desta localidade.

No extraordinário percurso se chega, após a Meseta, em um lugar onde a solidão abrange todo o horizonte. Estamos a 2,844 msnm.

Tren de las Nubes


É um dos três trens mais altos do mundo, que atravessa vertiginosas montanhas da Cordilheira dos Andes entre paisagens espetaculares. Parte desde a cidade de Salta, atravessa o vale de Lerma, para se introduzir na Quebrada del Toro e chegar até a Puna. Atravessa 19 túneis, 29 pontes, 13 viadutos, 9 alpendres, dois rolos que formam a via, e vários esgotos, algum deles, verdadeiros e colossais obras de arte que emergiram da imaginação do seu criador: o engenheiro Richard Fontaine Maury, quem concretizou a façanha de atravessar a Cordilheira dos Andes com as possibilidades da engenharia.

Conta com um percurso de 217 quilômetros, com uma duração de quase quinze horas ida e volta. Nas diferentes estações os habitantes dos povos apresentam pitorescos postos com artesanato, vestuário e produtos regionais para adquirir como lembrança da interessante viagem. O trem conta com serviços tais como vagão restaurante, vagão panorâmico, espetáculos folclóricos, consultório médico, áudio, vídeo e guias bilíngües.

Durante a viagem, e no comboio, o viajante superará os acidentes geográficos da zona, mediante um ziguezague obviará o engavetamento da Quebrada del Toro, observará à esquerda de El Condado o cemitério onde se encontram os corpos de muito obreiros de construção que morreram em uma trágica jornada, admirará a vegetação exuberante, e os cumes crescerão perante seus olhos, lentas mas majestosamente.

Trem das nuvens

Após, o viajante verá os viadutos Piedra Azul, com 82,60 metros de longitude e 14 metros de altura, e El Candado, com 110 metros de longitude e 24 de altura. Ambos construídos sobre estruturas de aço, sem varandas superiores, descansam sobre pilares metálicos.
Posteriormente, chega à estação Chorrillos, onde um novo ziguezague elevará o trilho até os 52 metros. Este engenhoso sistema, como o descrito anteriormente, permite o comboio superar a escabrosidade do solo.

Já na estação Ingeniero Maury, a 2,358 msnm o panorama começará a se apresentar cada vez mais impressionante. O itinerário a bordo deste maravilhoso trem o conduzirá até a estação Gobernador Solá, onde sobre as ladeiras e fraldas se percebe o surgimento de uma notável riqueza mineral em uma região pródiga em minas de manganês, ferro, chumbo e prata.

Salta

Aos poucos se perde o sentido da localização ao entrar o trem em um labirinto que permite sair do vale e das desérticas mesetas, buscando terreno apropriado. Dessa forma, chega ao quilômetro 1,255, no primeiro "rolo" onde a via passará sobre si mesma, com um desenvolvimento de curva de 582,25 metros e um radio mínimo de 131 metros, em um engenhoso caracol que permitirá a saída de uma grande profundidade.

Salta & Vino

Desde o ponto mais alto desse espiral, observa-se como desde um maravilhoso balcão natural um panorama impressionante pela sua beleza e magnitude.

Idênticas características oferece o segundo "rolo", no quilômetro 1,262, que junto com o primeiro permitem ol trem ganhar uma altura de mais de 650 metros. Aqui, o radio mínimo é de 131 metros e o desenvolvimento de curva chega aos 525 metros. Logo atravessa um túnel de 181 metros de longitude.

A viagem continúa após pelas seguintes estações: Incahuasi, Cachinal e Muñano. Para finalmente chegar em San Antonio de los Cobres, denominado assim por se encontrar nos redores da famosa Sierra de Cobre, rica neste mineral. A localidade, atravessada pelas rodovias nacionais 40 e 51, encontra-se a 3,774 msnm e é também cabeceira do departamento de Los Andes.

Antes de chegar em Mina Concordia, sobre sua esquerda, poderá observar o famoso Nevado de Acay, de 5,950 msnm, e partindo da estação reconhece-se um cerro preto com um caprichoso barrete vermelho.

O ponto final do trajeto é o quilômetro 1,350, onde se encontra o viaduto La Polvorilla, de 224 metros de longitude por 63 de altura. É o mais elevado de toda a linha do comboio, a 4,200 metros de altitude, e um dos mais importantes do mundo pelas suas características.

Aqui, o Trem das Nuvens realmente justifica seu nome. O impressionante de seu passo pelo viaduto é que jaze sobre o abismo, sem varandas e descansando sobre fabulosos pilares.

Esta é uma das grandes obras da engenharia que o viajante merece e deve conhecer.
Calcula-se que 30.000 turistas fazem o passeio por ano, que à sua vez é a única conexão de várias localidades ao seu passo. O trem funciona desde abril até novembro, sai às 7:00 voltando para Salta às 22:40. Em verão, de dezembro a março, o Trem do Sol vai desde Salta até a estação Diego de Almagro, a 3.500 msnm.


YouTube - Tren de las nubes
Trem das nuvens. Província de Salta. Argentina

arriba  home
grafico
grafico
Select your Altura wine tour Talampaya: Dinosaurios y Vinos Vendimia Valle de La Luna Mendoza Inolvidable Tours Creativos
grafico
Wine Shop
Wine Shop
grafico